Parque das Ruínas Santa Teresa Rio de Janeiro

Que tal conhecer um cantinho do Rio de Janeiro onde ferve cultura desde a Belle Époque carioca? Isso sem falar em sua espetacular vista panorâmica de 360º da Cidade Maravilhosa. Assim é o Parque das Ruínas, um espaço que promove diversas atividades culturais com uma programação constante e variada, e ainda oferece uma vista sensacional para o centro da cidade e para a Baía de Guanabara.

Ainda pouco explorado no Rio de Janeiro, inclusive pelos próprios cariocas, o Parque das Ruínas fica situado nos restos de um casarão dos anos 20 que recebia várias pessoas ilustres como Villa Lobos. O local foi restaurado em 1996 para a inauguração do parque. O projeto arquitetônico manteve as paredes de tijolos do casarão neocolonial e agregou um ar contemporâneo com estruturas metálicas e vários vidros. Além de ter sustentado as paredes, o projeto possibilitou que se ande por entre as ruínas até se atingir um mirante com um incrível visual do Rio de Janeiro.

Ruínas do Parque
Ruínas do Parque
Ruínas do Parque
Ruínas do Parque

Um pouco da história do Parque das Ruínas:

As ruínas do parque são apenas alguns pedaços do que sobrou do Palacete Murtinho Nobre erguido por volta de 1900. Residência da grande mecenas da Belle Époque carioca, Laurinda Santos Lobo, também conhecida como “marechala da elegância”, o palacete foi ponto de encontro do modernismo no Rio de Janeiro da década de 2. Era um dos locais mais badalados da vida cultural carioca até o início dos anos 40. Chegou a receber grandes nomes famosos da época como Tarsila do Amaral, Villa Lobos e a bailarina Isadora Duncan.

Como Laurinda Santos Lobo não tinha filhos, após sua morte em 1946, o casarão ficou abandonado, sendo invadido, saqueado e ocupado por moradores de rua e traficantes. Em 1993 o Governo do Estado do Rio de Janeiro, tombou o que sobrava do lugar. Após toda restauração do local, em 1996 o atual Parque das Ruínas foi inaugurado.

Parque das Ruínas
Parque das Ruínas

Informações Gerais:

  • Entrada gratuita.
  • Funcionamento de terça a domingo das 8hs às 20hs.

Como chegar:

Situado em Santa Teresa, num bairro histórico, o Parque das Ruínas fica na Rua Murtinho Nobre, 169, ao lado do Museu Chácara do Céu. A rua fica perto da parada do bondinho, a Estação Curvelo.

Ônibus

Chegar ao Parque das Ruínas de ônibus é bastante complicado. Até porque o bairro conta com poucas linhas que sobem até lá. A principal linha que sobe Santa Teresa é a 006 Castelo x Santa Teresa.  Ela passa pelas principais ruas do centro da cidade.

Bondinho

Depois de ter ficado parado por 4 anos, o bondinho de Santa Teresa vem sendo reativado desde o meio do ano passado, trecho por trecho. Apesar de ainda não estar funcionando por todo o trajeto original, o bondinho é a maneira mais interessante se de chegar ao Parque das Ruínas.

Atualmente o bondinho está percorrendo o trecho até o Largo dos Guimarães, passando antes Estação Curvelo, ponto de descida para visitar o Parque das Ruínas. O ponto de partida fica no centro do Rio de Janeiro, atrás do prédio da Petrobrás, na rua Lélio Gama, a 3 minutos de caminhada da estação do metrô Carioca (saída B: República do chile).

Bondinho de Santa Teresa
Bondinho de Santa Teresa

Táxi/Uber

Para quem deseja ir de táxi prepare-se para a luta. Parece que há uma imaginação entre os taxistas do Rio de Janeiro que uma subida a Santa Teresa vai acabar com o carro deles para sempre. Como é difícil encontrar uma boa alma de taxi que aceite te levar até lá. Portanto a solução é: peça um Uber! Afinal o serviço deles tem dado um banho no serviço prestado pelos taxistas cariocas.

Viação Canela:

Outra maneira muito interessante é subir até o Parque das Ruínas caminhando a partir da Escadaria Selarón na Lapa. Dessa forma é possível ir apreciando todo o charme escondido no bairro de Santa Teresa. A distância gira em torno de 1km, sendo percorrido entre 15 a 20 minutos de um belo passeio.

Carro

Para quem vai de carro o grande problema é achar vaga para estacionar. A grande dica é parar o carro no Museu Chácara do Céu, onde o estacionamento é grátis e há uma passagem por dentro para o Parque das Ruínas. Mas atenção! O museu e o estacionamento fecham as 17:00 horas, bem antes que o parque, que funciona de terça a domingo das 8hs às 20hs. Cuidado para não ficar com o carro preso por lá!

Tour Why Not Brasil

Já quem busca conforto e segurança, a melhor dica é fazer um dos nossos tours que passam pelo Parque das Ruínas. Dessa forma além de você conhecer esse lugar encantador, você também explorar outros pontos turísticos do Rio de Janeiro e ainda conhecer um pouco mais sobre a história da Cidade Maravilhosa. Dê uma olhada no nosso tour Rio das Alturas e nossa Experiência ErreJota.

O que ver e fazer no Parque das Ruínas:

Atualmente a estrutura e programação do parque é bem bacana. O local conta com uma sala de exposição, um auditório para 100 pessoas, um palco de 88 metro quadrados, uma cafeteria que serve um delicioso café da manhã, e uma área ao ar livre onde também ocorre shows, apresentações e uma programação especial para as crianças nos finais de semana. Toda a programação do parque pode ser acompanhada na página no facebook, é só ficar ligado por lá para saber o que está rolando no dia. E o melhor de tudo é que a entrada é gratuita.

Cafeteria do Parque das Ruínas
Cafeteria do Parque das Ruínas
Uma das Vistas do Mirante
Uma das Vistas do Mirante

Mesmo com todo esse espaço para atividades culturais, a principal atração do Parque das Ruínas é o mirante de 360º no topo do antigo casarão. Com uma vista privilegiada do Rio de Janeiro, de onde é possível ver e contemplar toda a beleza da Baía de Guanabara, do Pão de Açúcar, parte da orla da zona sul da cidade e ainda os Arcos da Lapa, o mirante do Parque das Ruínas realmente tem um visual incrível.

Centro do Rio de Janeiro visto do Parque das Ruínas
Centro do Rio de Janeiro visto do Parque das Ruínas
Visual do Parque das Ruínas
Visual do Parque das Ruínas

Principais Dicas do Parque das Ruínas

  • Vá um dia de manhã para apreciar um delicioso café da manhã nesse ambiente incrível.
  • Acompanhe a programação do parque das Ruínas e vá curtir alguma apresentação por lá.
  • Aproveite para visitar o Museu Chácara do Céu que fica ao lado do Parque das Ruínas. O museu conta com várias obras de pintores famosos.
  • Para quem vai de carro, aproveite para estacionar no museu da Chácara do Céu. Mas atenção! O museu e o estacionamento fecham as 17:00 horas, bem antes que o parque, que funciona de terça a domingo das 8hs às 20hs. Cuidado para não ficar com o carro preso por lá!

Então é isso. Super recomendamos o Parque das Ruínas para quem estiver em busca de um lugar diferente para passear, relaxar e contemplar belezas artísticas e da natureza. Se você curtiu o post e acha que ele pode ajudar algum amigo ou conhecido, por favor não deixe de compartilhá-lo. Para saber mais dicas de turismo pelo Rio de Janeiro, segue a gente no Facebook e Instagram.

About Author

client-photo-1
thiagovverde
Um dos braços da Why Not Brasil?, Thiago é brasileiro e um amante de fotografia, design e marketing digital. Também é um dos co-fundadores do blog Casal só Viagem, onde tem a experiência de escrever sobre suas viagens, inspirar seus leitores e ajudar outros viajantes a encontrar seus destinos. Apaixonado por conhecer novos lugares, explorar novas culturas e provar novos sabores, acredita que não é preciso ir para muito longe para aproveitar experiências enriquecedoras.

Comments

Deixe uma resposta